WhatsApp Image 2019-10-10 at 15.28.07

MARKETING ESPORTIVO

Buscando identificar as principais tendências de mercado e os novos hábitos de consumo em 2019, a agência experimental Número Um, especializada em marketing esportivo tem analisado ambientes de negócios esportivos e oportunidades de mercado no Norte Minas.

O projeto foi idealizado por alunos do 8º período de publicidade e propagada Unifipmoc com o objetivo principal de transformar o esporte, conectando marcas, empresas e pessoas.

O esporte é considerado um dos principais fenômenos do mundo, indo além de somente exercícios físicos, e alcançando também a indústria esportiva que, atualmente, movimenta cerca de R$ 67 bilhões de reais.

Segundo dados da Esportes Uol, em 2016, o mercado esportivo representou 1,9% do PIB nacional, sendo um recorde para o país. O mercado esportivo desde então encontra-se em ascensão, tendo como aliadas as novas tecnologias, a interatividade e a necessidade de projetos criativos e inovadores que exigem cada vez mais dos executivos da indústria do esporte, proporcionando um ambiente promissor para agências, empresas e incentivadores do segmento.

A agência de comunicação oferece soluções inovadoras e oportunidades para clientes, através de serviços como assessoria e organização de campeonatos e eventos esportivos, consultoria de imagem e marketing de atletas e ações promocionais e palestras esportivas

Parceiros do projeto: Grãos e chás, Daniel Brito, Facilita Energia Solar, Manus WA e Saúde Contábil.

sabordasmusicas

Tramontina cria algoritmo que transforma música em receita culinária

Com o objetivo de rejuvenescer a marca e inspirar as pessoas a cozinhar, a Tramontia junto da J.Walter Thompson e Spotify criam a campanha “Sabor das Músicas”, um projeto que usam o estudo da neurociência transformando notas musicais em ingredientes culinários.

Para a ideia seguir em frente, a agência e o anunciante contou com alguns especialistas. Participaram do desenvolvimento o neurocientista Dr. Marcelo Costa, administrador do departamento de Neurociência da USP o maestro João Rocha, da Universidade do Kentucky e Renato Carioni, chef de cozinha e treinador da equipe brasileira do Bocuse D’or.

Durante seis meses, foram criados filtros para alterar a combinação de elementos dos alimentos em algoritmos, sendo capaz de gerar 44 milhões de combinações gastronômicas. Na plataforma Sabor das Músicas (precisa-se de um perfil no Spotify para acessar), é possível encontrar as receitas culinárias correspondentes a cada canção.

“A ideia do algoritmo surgiu para atender ao briefing da Tramontina que era aproximar a sua linha inox, e suas diversas possibilidades do público mais jovem e tecnológico. E o resultado foi um projeto super complexo, mas super gostoso de ouvir e de saborear”, conta Rodrigo Da Matta, ECD da J.Walter Thompson Brasil.

É um projeto bem interessante, o que acham? Deixem suas opiniões nos comentários!

comercioeletronico

E-commerce cresce com bens não-duráveis

A 40ª edição do Webshoppers mostra um relatório sobre e-commerce (comércio eletrônico) elaborado pela Ebit|Nielsen apontando que o comércio eletrônico cresceu nos primeiros seis meses de 2019, impulsionado pelo aumento no volume de compra de produtos das categorias de Bens Não-Duráveis.

O relatório destaca que houve uma significativa expansão nos pedidos nos segmentos de alimentos e bebidas (82%) e petshop (144%) em relação ao ano anterior. São chamados de heavy users aqueles que compram de forma mais frequente do que a média, assim fazendo mais de 3 compras os últimos 6 meses. Segundo a Ebit|Nielsen, o Brasil é hoje o país da América Latina com maior faturamento nesse setor de e-commerce, pois 36% da população já é considerada como digital buyer.

Por mais que os alimentos e bebidas e petshop mostrou maior expansão em relação ao ano passado, o maior número de pedidos se concentrou nos seguimentos de perfumaria, cosméticos e saúde; e de moda e acessórios. Assim juntas, somaram 36% do total nos primeiros seis meses do ano, em relação ao mesmo período em 2018. De acordo com o relatório, 18,1% dos consumidores fizeram a sua primeira compra online no período analisado.

Ebit|Nielsen avaliou o desempenho no Brasil do m-commerce e assim como o e-commerce, as categorias de Bens Não-Duráveis também se destacou e é um dos principais responsáveis pelo grande aumento dos pedidos de m-commerce no primeiro semestre. A facilidade e agilidade em comprar por dispositivos móveis levaram a altas de 43% no faturamento e de 57% no volume de pedidos no primeiro semestre do ano em comparação ao mesmo período de 2018. Esse meio conta com 90% de satisfação dos usuários, de acordo com o estudo, além de ganhar relevância.

Outro ponto que a Ebit|Nielsen destacou foi que as redes sociais se tornaram o segundo maior motivador de compras pelo e-commerce, com 19% de indicações, perdendo apenas para os sites de busca que tiveram 25% das indicações. Dentre as redes sociais o Facebook ficou na liderança representando 53% das motivações, seguido pelo Instagram, com 32%; e WhatsApp com 2%. O índice de satisfação dos consumidores que compram motivados pelas redes sociais em relação ao preço é de 80%.

O que acharam da matéria? Deixem suas opiniões nos comentários!

Por: Victória Drumond

0001

Fake news no comércio

As Fake News (Notícias falsas) estão sendo um dos piores inimigos das empresas responsáveis por destruir suas reputações. A fim de compreender a dimensão do problema dentro do ambiente de trabalho, o estudo “Fake News: Desafios das Organizações”, da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (ABERJE) foi realizado entre 27 de fevereiro e 04 de abril de 2018, por meio de um questionário online com 52 empresas.

Segundo o questionário, 67% das organizações participantes não tem a fake news em seus planos estratégicos, porém 85% delas estão preocupadas com o problema, embora acreditam que eventuais riscos podem ser evitados ou suavizados. Também foi revelado que tanto as organizações (35%) quanto os seguimentos em que atuam (46%) já foram alvos de notícias falsas.

Os participantes entendem que os principais impactos relacionados à publicação e disseminação são: danos causados à reputação da marca (91%), danos causados à imagem da organização (77%), perdas econômicas financeiras (40%), danos à credibilidade da organização (40%), danos à imagem do setor (28%) e danos à reputação da liderança (13%).

Hamilton dos Santos, diretor geral da ABERJE afirma que “As fake news acompanham a indústria da comunicação desde os primórdios. A imprensa aprendeu a lidar com as notícias falsas, até de forma bastante tranquila, já que ela sempre contou com seus protocolos jornalísticos”. De acordo com o executivo por conta da guerra de narrativas, as notícias falsas ganharam mais destaque nos últimos anos e diz que “A produção de fake news retroalimenta o conflito de opiniões”.

A pesquisa revela que os principais canais de acesso a informação são: Jornais e revistas on-line (74%), jornais impressos (67%), revistas impressas (39%), agências de notícias (39%), mídias sociais (28%) e a televisão (22%). As empresas participantes acreditam que as mídias digitais são a maior fonte das fake news. Porém Ana Paula Tavares, CEO e fundadora da Aporama diz que as redes sociais também são importantes agentes para o combate e controle de conteúdo falso.

Realmente boatos vazados sobre empresas acabam gerando uma polêmica. O que acharam do assunto? Comentem suas opiniões!

Por: Victória Drumond

lionking

O Rei Leão

O que acha de irmos em uma aventura para a savana africana, onde nasce um futuro rei? Não perca a estreia do novo filme da obra “O Rei Leão”!

O Rei Leão (The Lion King) é um longa-metragem animado feito em 1994 produzido e distribuído pela Walt Disney. Em 2016 a Walt Disney Pictures confirmou que será feito um remaker em live-action da obra dirigido por Jon Favreau (produtor de Mogli: O Menino Lobo) e roteirizado por Jeff Nathanson. A estreia do filme está programada para o dia 18 Julho de 2019 nos cinemas brasileiros.

Confira a sinopse, trailer e outras informações:

“Simba idolatra o pai, Rei Mufasa, e sente o seu destino real. Mas nem todos celebram a chegada do novo bebé no reino. Scar, o irmão de Mufasa – e anterior herdeiro ao trono – tem os seus próprios planos. A batalha pelo reino é assolada por traição, tragédia e drama, resultando no exílio de Simba. Com a ajuda de dois novos amigos, Simba terá de crescer e recuperar o que é seu por direito.”

https://www.youtube.com/watch?v=7TavVZMewpY (trailer do filme)

O elenco de vozes americano inclui Donald Glover como Simba, Beyoncé Knowles-Carter como Nala, Chiwetel Ejiofor como Scar, James Earl Jones como Mufasa, Billy Eichner como Timon e Seth Rogen como Pumba.

O compositor da trilha sonora se manteve o mesmo do filme de 1994 sendo feita por Hans Zimmer.

O que acharam? A ideia de um remaker em live-action é bem interessante, além do retorno de uma obra nostálgica para muitos também chamará atenção daqueles que não a conheciam, assim fazendo novas pessoas a conhecerem um dos clássicos da Disney da década de 90.

Por Victória Drumond

pt_the-lion-king_teaser-poster_r_61b07b4b

2092203

Está na hora de tirar seus brinquedos da caixa!

Depois de quase uma década esperando, a Disney e a Pixar trouxeram mais uma vez o grande sucesso mundial, “Toy Story 4”. Agora, além dos personagens queridos das sequências anteriores, teremos a presença de outros, assim mostra o trailer lançado no dia 19 de março de 2019, que você pode assistir no final dessa matéria.

Woody, Buzz e o resto dos brinquedos, junto com a sua nova dona, Bonnie, partem para uma nova residência no norte. Lá eles encontram novos amigos, dentre eles Forky, o novo xodó da garota. Tudo estava bem, até o próprio decidir fugir. O xerife define a missão de ir em busca de Forky, acompanhado de novos companheiros, Ducky e Bunny.

Preocupada, Betty, uma linda bonequinha, desaparecida após “Toy Story 2”, livra do perigo a sua antiga paixão, Woody, das garras da grande vilã, Gabby Gabby, a boneca de cordas dos anos 50. Além disso, mostra a ele sua liberdade como boneca sem dono, o deixando angustiado por querer a sua volta.

Mais uma vez a Disney vem nos deixando ansiosos por mais uma grande aventura nos cinemas. Com Tom Hanks, Keanu Reeves, Joan Cusack e Patricia Arquette no elenco, “Toy Story 4” estreia em 20 de junho de 2019 nas telonas brasileiras. A animação tem direção de Josh Cooley, responsável por “O Primeiro Encontro de Riley”. Nosso coração não está preparado para essa grande emoção!!!

Trailer do filme “Toy story 4”: https://youtu.be/-_BTnmvRpf0