Download Free Designs http://bigtheme.net/ Free Websites Templates

Acadêmicos de Arquitetura e Engenharia Civil FIPMoc desenvolvem mercado modelo para Prefeitura de Montes Claros.


O prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, durante reunião realizada em seu gabinete com a presença de secretários municipais, de representantes de diversos segmentos da sociedade montes-clarense e professores e orientadores de práticas dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismos das FIPMoc, foi apresentado ao projeto de um novo e moderno centro comercial, com lojas amplas, salas de cinemas e área de alimentação.

O projeto foi desenvolvido no Centro de Práticas em Engenharia, Arquitetura e Gestão FIPMoc, o CEPEAGE, pelos acadêmicos dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismos sob supervisão das orientadores da práticas, a arquiteta e urbanista, Lívia Freire, e a engenheira civil, Silvia Cibele. Participaram do projeto os acadêmicos Isa Murta Borém, Renata Daniele Sá, Paulo Henrique Mesquita,  Daniele Santana, Josseb Araújo, Isac Pereira Leite e Kesis Dhons Souza.

Inicialmente impressa em 3D, no laboratório de impressões do CEPEAGE, foi apresentada uma maquete realista do Centro Comercial, que foi batizado de Nonada em homenagem ao escritor Guimarães Rosa, tem o formato do símbolo do infinito, representando a eternidade e o potencial divino.

O local escolhido para ser construído seria a Praça dos Jatobás, que faz parte do Parque Guimarães Rosa, no bairro Morada do Sol. Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Paulo Ribeiro, idealizador da proposta, a área total seria de 20 mil metros quadrados, com espaço coberto de 6.468 metros quadrados. Um total de 120 lojas de 32 metros quadrados cada. Outro objetivo é estimular o desenvolvimento do turismo, valorizando os pequenos e médios empreendedores individuais e incentivando a criação de startups.

O empreendimento contaria com cachaçaria, lojas de games, frutaria, temperos, floricultura, botecos, queijaria, tabacaria, galeria de arte, produtos fitoterápicos, terminal bancário, sorveteria, hortifrutigranjeiros, selaria, doceria, artesanato, restaurante, cervejaria artesanal, cafeteria, lanchonetes e boutiques de carne. O espaço também teria um espelho d`água de aproximadamente três mil metros quadrados e um estacionamento para 200 carros.

twitter

instagram

facebook